Em 2008, Dona Lourdinha recebeu a incumbência de ser a guardiã da calunga do maracatu. Há três anos brincava de baiana, mas foi escolhida para substituir sua filha numa das posições de maior responsabilidade dentro do brinquedo. Quem leva a boneca, carrega a proteção espiritual da nação. É nela que, na maioria das vezes, está o calço coletivo do folguedo, a força para brincar os três dias de Carnaval sem atrapalho. “Quando carrego Carolina sinto como se estivesse mais leve. É uma emoção muito grande ser a Dama do Paço”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s